Os Três Caminhos da Iniciação

Atualizado: 21 de mar.

“São três os caminhos da iniciação – pela emoção, pela vontade e pela inteligência (pelo enxofre, pelo sal e pelo mercúrio). A iniciação pela emoção adquire-se pela imersão em qualquer religião e no misticismo que haja nela, e pela ascensão individual através do contacto com essa religião e com esse misticismo. A iniciação pela vontade adquire-se pertencendo a uma Ordem iniciática qualquer, ou em subordinação e aprendizagem a um Mestre qualquer externo; como a vontade se manifesta na acção, esta iniciação tem que passar-se no campo da acção, que é a vida e a relação que há nela, e daí o fazer-se esta iniciação através de contactos vitais definidos, e não simplesmente fluídos, com pela emoção. A iniciação pela inteligência faz-se solitariamente, sem contacto fluído ou sólido com qualquer religião ou ordem; o único contacto é aquele, angélico, com os Superiores Incógnitos. É esta última a iniciação pela chamada fórmula R+C.


O iniciado pela emoção é candidato a místico, o pela vontade a mago, o pela inteligência a alquímico. O processo emotivo é, até certo ponto, solitário, pois a emoção está mais perto da inteligência que a vontade; aliás, toda a iniciação é solitária, e aqui a distinção não é entre os resultados, mas entre os processos.”


Fernando Pessoa

#Arte #Martinismo

9 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo