top of page

Os Martelos na Maçonaria

Atualizado: 30 de abr. de 2022


O martelo maçônico, conforme Mackey, é uma das ferramentas de trabalho de um Aprendiz, usado pelo maçom operativo para cortar os cantos da pedra bruta, transformando-a em cúbica, formato esse útil para a construção. Como se pode observar, o martelo é utilizado para cortar a pedra, sem o auxílio de qualquer outro instrumento, tendo por esse motivo uma cabeça retangular com um lado plano e outro fino, estreito. Esse é o verdadeiro martelo maçônico, que pode ser chamado de martelo de corte.


Maço Talvez você esteja pensando: “Mas as ferramentas utilizadas para transformar a pedra bruta em cúbica são o maço e o cinzel!” Negativo. O maço e o cinzel não são usados para trabalhar a pedra bruta e não são originalmente ferramentas de um Aprendiz Maçom, visto que, na realidade, são ferramentas utilizadas para trabalhos de acabamento, para os quais um Aprendiz não está habilitado. Por esse motivo, nos ritos mais antigos, são instrumentos de um Companheiro Maçom. O maço tem ainda a função de alinhar as pedras cúbicas quando se levanta uma parede ou muro, além de uma pequena, rápida e triste participação no grau de Mestre Maçom.

Malhete Várias Lojas mais tradicionais em diferentes países se recusam a utilizar os malhetes atuais, aqueles comumente utilizados por juízes e leiloeiros e que se tornaram populares na Maçonaria, declarando que os malhetes nada tem com a história e simbologia maçônica, sendo, portanto, inadequados para o uso em Loja. Em vez desses, essas Lojas utilizam versões simbólicas do martelo maçônico tradicional, o martelo de corte.

Se sua Loja está pensando em renovar alguns utensílios, a substituição dos malhetes por martelos de corte pode ser uma boa opção: além de barata, promoverá um aspecto mais próximo das origens operativas.

11 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo
bottom of page