O Nove de Espadas

Atualizado: 19 de mar.

Uma das cartas mais enigmáticas do Tarot, o 9 de Espadas possui duas descrições clássicas que lhe são muito características: Arthur Waite lhe atribui o título de “Preocupação” enquanto Aleister Crowley lhe chama de “Crueldade”. Ambos estão corretos. Na visão de Waite, o 9 de Espadas (Ar de Ar regido por Yesod) implica no excesso de Razão obscurecendo a intuição. Esta carta apareceria em uma leitura quando o consulente estivesse com excesso de preocupações e pensamentos em relação a um assunto que não conseguiria resolver naquele momento. Como por exemplo, alguém que tem um problema a ser resolvido no Domingo pessoalmente e não tenha nada que ela possa fazer na Quinta-Feira, senão aguardar o resultado (ou enquanto aguarda o resultado de um vestibular, ou de um teste de HIV…). Pensar no assunto, ficar ponderando ou buscando alternativas naquele momento apenas causa um excesso de energia dispersada, sem que nada possa ser resolvido. Daí a imagem escolhida: um jovem sentado na cama sem dormir, envolto em um cobertor com todas as possibilidades do zodíaco, mas preocupado com as espadas que permanecem ao redor de seu pensamento, impedindo que ele se eleve a Yesod e possa meditar com o subconsciente na resposta.


Crueldade Para Crowley (e também para Del debbio e Rodrigo Grola), o tarot deveria ser usado por pessoas conscientes de suas capacidades como mago de escolherem suas ações e assumirem responsabilidade por elas, sendo donos, também, das consequências de seus atos e dos erros cometidos. Assim como um estelionatário que é descoberto e nada pode fazer enquanto suas tramóias são desveladas uma a uma, o naipe está em degeneração constante; o pensamento já passou por todas as etapas possíveis de encobrir os erros e a conclusão é o desespero. O puro intelecto original não passa agora de movimentos automáticos das paixões sem coração. A consciência caiu em um reino não iluminado pela razão. E o fim é inevitável. Daí a crueldade em pensar que se tem escapatória do resultado de suas más ações.



18 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo