top of page

O Grande Computador Celeste – parte III

Olá crianças,

Continuando a Série sobre princípios de Astrologia, (veja O Grande Computador Celeste – parte I e O Grande Computador Celeste – parte II), vou fazer um último texto para tentar responder alguns dos questionamentos.


Sobre as oitavas: Áries: Áries lida com a energia dinâmica, com o fogo do fogo, a iniciativa. Oitavas baixas (brigões, pessoas que discutem e se inflamam por qualquer coisa), oitavas medianas (pessoas de iniciativa, que fazem, que são dinâmicas), oitavas Altas (pessoas que defendem as mais fracas, que lutam por causas de ideais)

Touro: lida com o acumular. Oitavas baixas (gananciosos, mesquinhos, pão-duros, materialistas), oitavas medianas (administradoras, sabem controlar o dinheiro, sabem agregar valores), oitavas altas (grandes administradores, líderes comerciais).

Gêmeos: lida com comunicação. Oitavas baixas (fofoqueiro, distraído, faz mil coisas sem terminar, avoado, falhas de concentração), oitavas medianas (comunicativos, viajantes, fazem mil coisas ao mesmo tempo), oitavas altas (grandes comunicadores, palestrantes, estudiosos de múltiplos assuntos).

Câncer: lida com as emoções. Oitavas baixas (dramalhão mexicano), oitavas médias (sentimental, emocional, mães), oitavas altas (grandes poetas, pessoas que sabem trabalhar e expressar suas emoções)

Leão: lida com o brilhar. Oitavas baixas (egocêntricos), oitavas medianas (líderes, artistas, atores, pessoas que não tem medo de se expor), oitavas altas (grandes líderes por carisma, pessoas carismáticas).

Virgem: lida com a autocrítica e perfeccionismo. Oitavas baixas (chatos em geral, gente que pega no pé dos outros), oitavas medianas (organizados, autocríticos), oitavas mais altas (controle de qualidade, pessoas que cobram atitudes das sociedades, pessoas ótimas para organizar qualquer coisa)

Libra: o diálogo, o ajuste entre duas partes. Oitavas mais baixas (indecisos, nunca sabem o que escolher, manipuladores das opiniões alheias), oitavas medianas (comunicativos no sentido de saber se colocar no lugar do outro), oitavas altas (diplomatas e conciliadores)

Escorpião: o poder. Oitavas baixas (traiçoeiros, manipuladores, aqueles que só pensam no poder), oitavas médias (pessoas que sabem lidar com o poder, especialmente mágico), oitavas altas (procure nas ordens secretas e você acha vários destes).

Sagitário: alto astral. Oitavas baixas (imprudentes, acham que tudo dará certo sem se preocupar, exagerados), oitavas medianas (pessoas de alto astral, todos se sentem bem perto delas), oitavas altas (aquelas pessoas que fazem o dia de todos ao redor mais feliz, não importa o que aconteça)

Capricórnio: o controle, disciplina. Oitavas baixas (pessoas dominadoras, carrascos, militarescos), oitavas medianas (seriedade, disciplina, autocontrole), oitavas altas (os melhores militares e policiais, juizes e advogados).

Aquário: os que rompem barreiras. Oitavas mais baixas (retraídos, melancólicos, não obedecem ordens, bagunçados), oitavas medianas (reformuladores, questionadores), oitavas altas (aqueles que rompem as barreiras)

Peixes: o mais complicado de todos, o signo do contato com o “outro mundo”. Oitavas baixas (fuga da realidade, viciados, drogados, suicidas), oitavas medianas (artes em geral, pessoas que enxergam outras realidades, médiuns, pintores, músicos, todos que estejam em contato com “algo mais”), oitavas altas (messias, grandes artistas, grandes músicos, pintores, escritores, visionários).


Claro que ainda existe o Livre Arbítrio. Em que oitava da energia de cada signo em cada planeta depende única e exclusivamente de VOCÊ. Estudando os mapas astrais e decifrando este imenso computador celeste, as pessoas podem obter autoconhecimento e trabalhar suas fraquezas e desenvolver suas capacidades. Como já dizia o oráculo de Delfos “conhece a ti mesmo e conhecerá as maravilhas do universo”.


E também sobre o livre arbítrio: o computador celeste só ajuda a posicionar os espíritos de volta ao planeta. O que elas vão fazer depois disso depende única e exclusivamente delas. Claro que você pode se propor a fazer muitas coisas e depois simplesmente não fazer nada do que se propôs e atrasar sua evolução (mas você vai ter de consertar todas as besteiras que fizer mais tarde!). Ou pode até mesmo fazer o oposto do que disse que ia fazer. Um exemplo ótimo é Hitler. Circulam nos meios ocultistas relatos de que Hitler teria vindo para a terra para ser um grande líder, para tirar a Alemanha do caos da primeira guerra mundial e dar continuidade ao trabalho espiritualista do início do século, mas envolveu-se com o Caminho Sinistro e deu a merda que deu… mas eu falo sobre os Arcanos Místicos do Hitlerismo e dos conhecimentos de magia negra nazista outro dia, hoje é apenas sobre astrologia.

Voltando ao assunto… Imaginem que estas energias ainda precisam ser combinadas com os planetas, ou seja, não adianta falar “ah, mas eu sou de câncer e não tenho nada a ver com câncer”, porque você precisa examinar CADA planeta. Se o seu sol for um signo, mas você tiver seis outros planetas em outro signo, provavelmente você terá uma personalidade muito diversa do que está nas revistas. Aliás, a imensa maioria dos horóscopos de revista são uma bosta. Eu já ouvi de um colega que trabalhou em um jornal que eles pegavam frases sorteadas de uma caixa de papelão para colocar nos horóscopos a cada dia…não é a toa que praticamente ninguém dá valor a astrologia nos dias de hoje. Eu mesmo confesso que achava astrologia uma tremenda picaretagem antes de estudar Astrologia Hermética a fundo. Seria isso uma conspiração para impedir as pessoas de explorarem seus potenciais e mantê-las como gado?


Imagine um mundo onde desde criança os indivíduos já tivessem um contato com seus mapas astrais e estudassem seus pontos fortes e fracos, desenvolvendo as características que serão mais úteis para si mesmos e para a sociedade e trabalhando naquilo que precisam melhorar. Estudando assuntos que representam algo para sua personalidade ao invés de se enfiarem em empregos que não agregam nada a sua persona?


Sobre o aumento de população na Terra: os espíritos da orbe terrestre são aproximadamente 20 bilhões, dos quais cerca de 1/6 deveriam estar encarnados nesta faixa de vibração a cada ciclo (sim, a terra está superpopulada, descontrolada, estuprada, faminta, violenta e um completo caos, mas isto é mesmo novidade?). De qualquer forma, existem planetas “piores” e boa parte deste povo que está passeando pela terra nestas últimas encarnações sem fazer nada de útil para si mesmos está sendo direcionado para outros locais.


E, quanto aos ateus e céticos, eu acho ótimo que comentem e agradeço a participação, desde que com alguma argumentação. Falar “os cientistas católicos não encontraram prova da existência de espíritos” é algo que eu aceito com prazer como refutação, pois faz parte da crença sagrada de cada um, mas falar “astrologia é uma bosta” só vai mostrar a todos o quão ignorante você é. Como disse Voltaire, “Posso não concordar com uma palavra do que você disser, mas defenderei até a morte seu direito de dizê-las” e, se você não acredita em reencarnação, não tem problema, na próxima vida talvez você acredite hehehe.


Semana que vem as pirâmides de 11.000 anos submersas no Japão e sua comparação com as pirâmides egípcias.

Adios crianças, Votos de Paz Profunda


468 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo
bottom of page