Neil Gaiman

Atualizado: 13 de mar.


Por Yuri Motta


Neil Gaiman é muito conhecido no mundo dos quadrinhos, ele é pai de Sandman, uma das suas maiores obras. A maioria dos leitores do Teoria já deve conhecê-lo, mas esta coluna é dedicada a quem não entende lhufas de quadrinhos e não sabe nem por onde começar: o básico dos básicos.


Além de Sandman ele já escreveu: Hellblazer, Livros de Magia, American Gods, Orquídea Negra, Monstro do Pântano, 1602 , Wesley Dodds (Da qual Sandman foi baseado) , Fumaça e Espelhos , O Livro do cemitério , Criaturas da Noite e vários outros títulos de muito sucesso.


Podemos resumi-lo em uma palavra: "Fabulista". Mas Gaiman não faz apenas quadrinhos, como também livros, filmes, séries de TV e músicas. Além de também ter sido jornalista e escrito parte do roteiro do filmes Beowulf e Stardust e também Coraline.


Ele abandonou sua carreira como jornalista e entrou no mundo dos quadrinhos e desde então começou a fazer muito sucesso , ele fez parte da revolução da qual chamamos de amadurecimento do mundos dos quadrinhos nos anos 80.

Gaiman tem uma boa relação com escritores de quadrinhos, como por exemplo, Alan Moore (que em breve ganhará uma postagem aqui e que é o dono do rosto da imagem da coluna) e de outros escritores de quadrinhos famosos.


Constantine foi criação de Alan Moore em Monstro do Pântano, mais Gaiman foi um dos quem o deixou famoso.

Também dizem que o famoso Harry Potter, tem um pouco do Neil Gaiman, já que em sua série Livros de Magia o personagem principal é idêntico ao Harry, porém criado em 1991, e tem até uma coruja. Gaiman disse que a ideia de jovem bruxo é comum na literatura, e não acusou J.K Rowling de plágio, para a tristeza de muitos jornalistas.

Ele tem muito conhecimento no campo de ocultismo, magia e mitologia. Em relação à mitologia, podemos perceber facilmente lendo Sandman ou Livros de Magia, por exemplo.


Gaiman queria ser escritor desde pequeno. Ele teve contato com livros como As Crônicas de Nárnia, Alice no país das maravilhas, e mais tarde também leu os livros de JRR Tolkien e HP Lovecraft, da qual podemos ver um pequeno fio de semelhança no estilo próprio, que na maior parte tem universos mágicos e ricos em simbologias.

Na maior parte das vezes Gaiman fazer a história caminhar de um modo inesperado de modo a prender a atenção do leitor.


Outra coisa que marca presença são as ilustrações. Gaiman não é ilustrador, mas consegue tirar o máximo dos ilustradores que trabalham em suas obras.

Eu recomendo Gaiman para quem goste de mitologia, aventuras, sagas épicas, universos paralelos e até quem sabe um pouco de filosofia e até para quem não goste de nada disso mas goste de ler algo de qualidade. Em breve vou trazer alguns textos relacionados a alguns títulos famosos dele. Portanto, aguardem!


A ideia principal dessa postagem, foi apenas fazer uma breve apresentação do Neil Gaiman a vocês, assim, quem se interessar pode se inteirar melhor sobre ele. Não citei todas as obras dele, mas boa parte vai aparecer aqui!


Para finalizar aqui, algumas das frases mais legais que selecionei para vocês, e que mostram um pouco da personalidade dele:


"Até onde sei, todo o motivo para tornar-se escritor se deve a não ter que acordar cedinho."

"Os autores sabem que não se deve nunca escrever um livro engraçado, pois livros engraçados não ganham prêmios. Revistas em quadrinhos nunca ganham prêmios."

"Sempre me sentia muito aliviado por ninguém querer publicar algo que eu tivesse escrito."

"Os astros de Rock se dão muito melhor nas turnês do que os escritores."

"Eu queria colocar uma referência à masturbação em um dos scripts de Sandman. Eu fui imediatamente cortado pela editora [Karen Berger]. Ela me disse: "Não há masturbação no Universo DC." A minha reação foi: "Bem, isso explica muita coisa sobre o Universo DC"

"A estratégia número um é que eu sempre, ou quase sempre, tenho pelo menos duas ou três coisas diferentes que estou escrevendo ao mesmo tempo."

Obs.: Quando perguntado como é sobreviver como escritor.


Optei por fazer uma coluna relacionada a quadrinhos, ao invés de fazer uma relacionada ao meu blog, devido ao fato de que os quadrinhos ainda são pouco explorados em relação ao ocultismo.


Na coluna, vou apresentar a vocês, autores e obras. Alguns famosos e outros não, só com o propósito de divulgar esse meio alternativo de conhecimento, que algumas vezes não é valorizado.



#HQ #NeilGaiman

28 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo