top of page

Mapa Astral de Ruy Barbosa

Atualizado: 3 de mai. de 2022


Ruy Barbosa de Oliveira (Salvador, 5 de novembro de 1849 — Petrópolis, 1 de março de 1923) foi um jurista, político, diplomata, escritor, filólogo, tradutor e orador brasileiro.

Um dos intelectuais mais brilhantes do seu tempo, foi um dos organizadores da República e coautor da constituição da Primeira República juntamente com Prudente de Morais. Ruy Barbosa atuou na defesa do federalismo, do abolicionismo e na promoção dos direitos e garantias individuais. Primeiro Ministro da Fazenda do novo regime, marcou sua breve e discutida gestão pelas reformas modernizadoras da economia. Destacou-se, também, como jornalista e advogado.

Foi deputado, senador, ministro. Em duas ocasiões, foi candidato à Presidência da República. Empreendeu a Campanha Civilista contra o candidato militar Hermes da Fonseca. Notável orador e estudioso da língua portuguesa, foi membro fundador da Academia Brasileira de Letras, sendo presidente entre 1908 e 1919.


Mapa Astral

O Mapa de Ruy Barbosa mostra Sol em Escorpião; Ascendente em Capricórnio; Mercúrio e Vênus em Libra na Casa 10; Marte e Lua em Câncer; Júpiter em Virgem na Casa 9; Saturno em áries-Peixes (Rainha de Bastões) na casa 3. Seu Planeta mais forte é Plutão em Áries-Touro (Cavaleiro de Ouros).

A combinação entre Sol em Escorpião e Ascendente em Capricórnio mostra alguém cuja vida sempre vai estar pautada pelo poder e disciplina, como políticos e militares. Mercúrio e Vênus em Libra (equilíbrio, justiça) na Casa 10 (novamente, indica que estas características seriam usadas na carreira), Marte em Câncer na Casa 6 (trabalho) e a força motriz profunda de Plutão (também co-regente de Escorpião) em Cavaleiro de Ouros ("gente que faz") tornam este mapa um paraíso de recursos para uma pessoa que descubra a carreira jurídica, política ou diplomática como Verdadeira Vontade.

A facilidade em entender o outro, pautada pela ética capricorniana e profundidade escorpiana e amansadas pela lua em câncer (o "tomar conta") nas oitavas altas prepararam um terreno poderoso para um jurista e, dominando as energias que o guiaram para sua Verdadeira Vontade, seu Caput Draconis em Leão-Virgem (Rei de Ouros, o "Rei trabalhador e justo" arquetipal) era algo esperado.

"Como delegado do Brasil na II Conferência da Paz, em Haia (1907), notabilizou-se pela defesa do princípio da igualdade dos Estados. Sua atuação nessa conferência lhe rendeu o apelido de "O Águia de Haia". Teve papel decisivo na entrada do Brasil na I Guerra Mundial. Já no final de sua vida, foi indicado para ser juiz da Corte Internacional de Haia, um cargo de enorme prestígio, que recusou."

215 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo
bottom of page