Mapa Astral de Nelson Mandela

mapa-nelson-mandela

Nascido numa família de nobreza tribal, numa pequena aldeia do interior onde possivelmente viria a ocupar cargo de chefia, recusou esse destino aos 23 anos ao seguir para a capital, Joanesburgo, e iniciar sua atuação política. Passando do interior rural para uma vida rebelde na faculdade, transformou-se em jovem advogado na capital e líder da resistência não-violenta da juventude, acabando como réu em um infame julgamento por traição. Foragido, tornou-se depois o prisioneiro mais famoso do mundo e, finalmente, o político mais galardoado em vida, responsável pela refundação do seu país, como uma sociedade multiétnica.

Mandela passou 27 anos na prisão – inicialmente em Robben Island e, mais tarde, nas prisões de Pollsmoor e Victor Verster. Depois de uma campanha internacional, ele foi libertado em 1990, quando recrudescia a guerra civil em seu país. Em dezembro de 2013, foi revelado pelo The New York Times que a CIA americana foi a força decisiva para a prisão de Mandela em 1962, quando agentes americanos foram empregados para auxiliar as forças de segurança da África do Sul e para localizá-lo. Até 2009, ele havia dedicado 67 anos de sua vida à causa que defendeu como advogado dos direitos humanos e pela qual se tornou prisioneiro de um regime de segregação racial, até ser eleito o primeiro presidente da África do Sul livre. Em sua homenagem, a Organização das Nações Unidas instituiu o Dia Internacional Nelson Mandela no dia de seu nascimento, 18 de julho, como forma de valorizar em todo o mundo a luta pela liberdade, pela justiça e pela democracia.

Mapa Astral Nelson Mandela possui Sol em Cavaleiro de Bastões (Cancer-Leão) na Casa 8, Ascendente e Caput Draconis em Sagitário, Lua em Escorpião na Casa 12, Mercúrio, Saturno e Netuno em Leão na Casa 9; Vênus em Gêmeos; Júpiter em Rainha de Taças (Gemeos-Cancer) e Urano em Aquário na Casa 3. Seu Planeta mais forte é a Lua em Escorpião na Casa 12. Os aspectos de Lua em escorpião com Ascendente em Sagitário indicam uma facilidade muito acima da média para a política e legislação, voltado principalmente para a área da espiritualidade/filosofia/caridade; some-se a isso um Marte forte em Libra, indicativo da Vontade gasta na área de diplomacia e os três planetas mais fortes de seu mapa indicam uma tendência natural para a politica/diplomacia. Sua essência de líder por aclamação e emocional (Cavaleiro de Bastões) e nada menos do que três planetas em Leão lhe conduziram rapidamente para posições de liderança (seu intelecto em Mercúrio, sua responsabilidade em Saturno e os Ideais espirituais de uma nação em Urano). Uma curiosidade é a conjunção de seu ascendente com o Caput Draconis em Sagitário, ambos levando Mandela inegavelmente para um líder filosófico acima de uma liderança política, em dois momentos de sua vida: Em uma primeira instância como líder de nobreza tribal e, após dominar sua Verdadeira Vontade, ao sair da prisão, retorna para o papel de líder político/espiritual. Seu carisma é tão grande que conquistou o Prêmio Nobel por seus resultados; Mandela poderia ter se tornado facilmente um líder religioso (no sentido de dirigente-espiritual) mas ao invés disso abraçou a causa política contra o Apartheid. No dizer de Ali Abdessalam Treki, Presidente da Assembleia Geral das Nações Unidas, “um dos maiores líderes morais e políticos de nosso tempo”. A análise de um mapa como este é muito interessante, pois mostra como a vida de Mandela caminhou entre estas energias, e podemos ver em diversos pontos onde ele teve a oportunidade de resolver diversos débitos de vidas passadas, nascendo negro na África do Sul; passando parte da vida na prisão e mesmo assim continuando firme em sua Grande Obra. Como vemos todos os dias no estudo do Hermetismo, as Ordálias que aparecem quando a pessoa decide trilhar a Verdadeira Vontade são muito pesadas (e proporcionais ao desafio), mas para quem se torna um Mago, são apenas partes indissolúveis do caminho a ser trilhado, sem esforço, e colher os frutos do resultado da Grande Obra no final.

Não nos resta dúvidas que Mandela conseguiu transformar seu chumbo em ouro e realizar sua essência divina no planeta, unindo a filosofia, liderança e instinto político e social.

#Astrologia #Biografias

21 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo