Introdução à Psiônica: Meditação Focal e Cineses

Atualizado: 9 de abr.

Meditação Focal

Meditação é fundamental para a prática psiônica. O controle significativo de suas habilidades psi só virá através da meditação constante e regular.

Existem duas classes principais de meditação: meditação no vazio e meditação focal. Meditação no Vazio é uma supressão prolongada da mente, em que se tenta não ter nenhum pensamento e nenhuma consciência a fim de limpar a mente e abrir-se para um novo entendimento. Meditação Focal é uma profunda concentração da mente, em que se tenta concentrar todo o pensamento e consciência sobre uma única coisa, um objeto ou um conceito.


Para efeitos psiônicos, a meditação focal é a forma de meditação que é de interesse primordial. Psiônica utiliza a meditação focal para ganhar a profundidade interior e auto-controle necessário para alcançar clareza nas capacidades de detecção e controle das habilidades psíquicas.


É plenamente possível realizar um ato psiônico sem qualquer meditação. É ainda possível a realização de um ato psiônico completamente por acidente. Mas qualquer um psion (aquele que treina psiônica) que deseja ganhar o controle consistente e profundo das habilidades psi deve usar a meditação focal para o conseguir.

A meditação focal mais básica é consiste simplesmente em selecionar um objeto e olhar para esse objeto, concentrando todos os seus pensamentos e consciência sobre esse objeto. Qualquer objeto vai servir para isso, ele pode ser tão simples como um ponto na parede ou um ponto desenhado no papel. Os melhores objetos para selecionar são os que ajudam a chamar a sua atenção. Um exemplo de um objeto que faz isso para muitas pessoas é um cristal. No entanto, o melhor objeto de meditação focal em psi parece ser a chama da vela.


Meditação da Vela

O exercício a seguir será descrito em termos de uma chama da vela. Você deve procurar uma vela e fazer isso com uma chama de vela real, como a chama faz um excelente trabalho de tirar sua atenção e prepará-lo para trabalho em psi. Se você é incapaz de fazer isso, substituir a chama na seguinte descrição para o objeto focal de sua escolha.


Pegue uma vela. Em um quarto escuro e silencioso, coloque-a em algum lugar livre da desordem, assim você não se distrai facilmente enquanto medita. Acenda a vela e, em seguida, sente-se confortavelmente a um ou dois metros de distância da vela.

Relaxe o corpo e a mente, tanto quanto possível, e veja a chama da vela. Não forçar seus olhos enquanto se concentra na chama da vela, pois o foco é feito em sua mente e não em seus olhos. Limpar todos os seus pensamentos e concentrá-los apenas na chama. Quando os pensamentos vêm a sua mente, ser passivo para com os seus pensamentos, permitindo-lhes passar sobre você e através de você, mas não reconhecer os pensamentos. Mantenha a totalidade de sua consciência apenas na chama da vela.


Continuar a concentrar-se na chama da vela por cerca de 45-60 minutos consecutivamente. Se você estiver distraído e perder o foco, simplesmente corrija o seu foco e volte a consciência para a chama da vela, continuando a sua prática. Com a prática, a meditação focal se tornará mais fácil, e você será capaz de chegar a estados de meditação profunda muito mais rapidamente.


Meditação Profunda

Depois de meditar com foco total no chama da vela por um tempo, você vai começar a entrar em estados meditativos mais profundos. A meditação focal primeiramente vai levá-lo em direção a um estado de calma e tranquilidade, seguido mais tarde pela obtenção de um foco mais profundo. Quando o foco se torna mais completo e você entra em estados mais profundos de meditação, você vai começar a sentir formigamento, zumbido, ou sensação de vibrações, que também será seguido por sentimentos de desapego. Quando estas sensações ocorrem, não se assuste com elas, mas sim aceite essas sensações e receba-as. Permita que aquelas sensações faça-o crescer muito mais enquanto você cai em estados mais profundos de meditação.


Relaxando depois da Meditação

Quando terminar de meditar, você deve retornar gradualmente a um estado normal de espírito. Primeiro comece por relaxar a sua mente, para que outros pensamentos possam entrar. Então você deve calma e lentamente inspirar e expirar, de modo a quando você inspirar a sua consciência voltará para dentro, e quando expirar leve sua consciência para fora, colocando qualquer excesso de energia em você para o chão. Quando terminar de inspirar e expirar algumas vezes, volte sua atenção para o seu ambiente normal e volte ao seu dia.


Benefícios adicionais da Meditação Focal

Psions usam a meditação focal para aprender o domínio de psi, mas os benefícios da meditação focal pode fluir durante a maior parte da vida da Psion. A prática regular da meditação focal produz maior foco mental em outras atividades cognitivas. Ele também ensina uma maior disciplina mental e auto-controle diante das lutas diárias. Meditação traz uma profundidade focal de confiança e de conscientização sobre si mesmo, o que aumenta a interação com os outros. E, finalmente, a meditação focal é o começo da filosofia psi, mudar algo no mundo externo começa sempre por mudar algo dentro de si mesmo.


Cineses

Meditação Focal, e que você praticou com sucesso, atingindo estados de meditação profunda.


Cinese é a categoria de habilidades psi que envolvem fazer uma mudança no mundo físico. Isso inclui mudanças “diretas”, como fazer um objeto se mover, e inclui efeitos “indiretos”, como curar alguém, onde o efeito é provocado, sem especificar o mecanismo direto.


“Cinese” (ou “kinesis”) é a palavra usada para descrever a verdadeira causa de tal efeito, e “Cinético” para descrever aquele que está utilizando Cinese.

Existem muitas palavras que foram criadas para tentar descrever Cinese. Uma delas é “macropsicocinese”, aquilo que causa uma alteração directa, e “micropsicocinese”, o que causa uma alteração indirecta. Outro conjunto de termos, mais ilimitado, é formado pelas tentativas de categorizar Cinese pelo alvo sobre o qual está sendo formado. Este conjunto inclui termos como “biocinese”, para a realização de cinese sobre os organismos vivos, e “pirocinese”, para a realização de cinese sobre fogo. No entanto, cada um desses conjuntos de classificações é completamente desnecessária. A escolha do alvo para cinese não tem nenhum efeito sobre a forma como ele é, na verdade, “cinetizado”.


A classificação de Cinese por tipo de alteração ou mudança (direta ou indireta) tanto é algo fundamental para como a Cinese é realizada quanto é também um tanto desnecessária, tal como a um nível fundamental, toda Cinese é realizada da mesma maneira. Mas pode ser conceitualmente mais fácil de aprender e falar sobre Cinese em termos de Cinese Direta ou Indireta.


O Papel da Alma nas Cineses

Há muitas pessoas que se sentem desconfortáveis com a ideia da alma desempenhando um papel na Psiônica. Para essas pessoas, a alma é uma ideia científica, ou uma ideia que está culturalmente associada a ideias religiosas que eles preferem evitar. Os preocupados com as implicações científicas de uma alma invocam frequentemente descrições físicas de Psi que estão diretamente contraditadas pela evidência e experiência de Psi. Os preocupados com suas associações religiosas ou espirituais muitas vezes criam condições mais complicadas para evitar nomeá-la diretamente, como “o eu não físico” ou “a expressão da vontade interna”.


Mas, apesar dessas preocupações e independentemente de renomeação, a Alma é a parte central do eu que é a única parte de nós mesmos capaz de realizar Psi e que faz todo Psi. O termo ”alma” aqui utilizado é entendido como a parte de nós que executa Psi, que se separa do corpo durante experiências fora do corpo, e que continua a existir depois da morte do corpo físico. A frase “será”, no sentido de realizar psi é essencialmente a expressão da ação da alma. A expressão “auto-consciência”, no sentido de Psi refere-se à consciência da alma.


Cinese pode ser realizada e pode ocorrer sem qualquer consciência da alma. Ela pode até mesmo ocorrer sem consciência de que nada está sendo realizado. Mas, nestas condições, a confiabilidade e precisão será tipicamente muito baixa, e a capacidade de desenvolver as tarefas mais complicadas será restrita. Por isso, é essencial para o progresso na Cinese e na Psi que a consciência da alma seja desenvolvida.

A Meditação Focal é um componente valioso de Psi porque a alma é a parte de você que é revelada quando não há consciência de pensamento. A alma é o “você sob o cérebro”. A verdadeira consciência da alma e da compreensão da alma é o melhor obtida através da experiência, e isso é melhor obtido através da meditação e prática de psi. Praticar Meditação Focal vai abrir a porta que lhe permitirá um contato mais direto com a sua alma. Então praticando Cinese pela expressão da alma lhe permitirá ganhar uma consciência experiencial e compreensão de onde e o que a alma realmente é.


Executando Cineses

O procedimento para a realização de Cinese controlada é essencialmente o mesmo para todo o resultado desejado de Cinese.

O primeiro passo deve ser sempre realizar a Meditação Focal, pois isso coloca você no estado mental adequado para exercer o controle focalizado. Quando você está em um estado de meditação profunda, saia do meio objetivo e foque-se em sua alma.

Suas intenções devem estar unica e exclusivamente voltadas para o objeto a ser alvo da Cinese, de tal forma que a sua auto-consciência está centrada no objeto alvo. Quando sua alma muda o seu foco de acordo com sua intenção, ela poderá realizar a Cinese.


Em seguida, você deve formular a intenção de que você vai Cinetizar formulando o resultado desejado. Então, finalmente, você energiza e atualiza o resultado em sua alma, de modo que ele ocorra neste exato momento.

Todo ato cinético é um reflexo da alma. É uma expressão do Eu Interior sendo refletida sobre o mundo exterior. Quando você quer que algo ocorra, você deve voltar-se para dentro de si mesmo e mudar a natureza da realidade dentro de si mesmo, de modo que por sua vez isto reflita na realidade. O ato de expectativa profunda e completa que atualiza uma cinese é realizado mudando inicialmente as suas expectativas internas de modo que elas representam uma expectativa de que o comportamento natural do objeto será o de cumprir o resultado de sua intenção.


Aprender como fazer essas mudanças internas através de suas expectativas interiores não é de todo uma tarefa fácil, e para fazê-lo de forma eficaz e consistente requer que você desenvolva a consciência profunda e auto-controle profundo, o que pode ser desenvolvido com a Meditação Focal e prática de Cinese. Esse nível de consciência e auto-controle vai refletir sobre muitas coisas de sua vida, e que também irá capacitá-lo com a capacidade de Cinético com razoável confiabilidade e consistência. Para começar no caminho para o desenvolvimento desta consciência e auto-controle, você pode praticar de forma bastante eficaz de aprender a usar cinese para inclinar a chama da vela.


Controlando a Chama

Aprender a controlar a chama da vela é um exercício prático e perspicaz para aprender os princípios da Cinese. A chama da vela pode fornecer feedback direto e imediato para mostrar quando você está acessando e utilizando com sucesso a sua alma para controlar as chamas.


Comece como você fez antes, limpando sua mente com a Meditação Focal na chama de uma vela. Medite sobre a chama da vela até que tenha chegado a um estado de meditação profunda, onde você pode começar a se tornar consciente de sua alma. Quando você está focado em que parte de você que está presente em profunda meditação, veja a chama da vela com a sua alma de tal forma que você sinta o seu centro de percepção e consciência estar no mesmo local que o chama, como se você fosse realmente a vela. Praticar apenas esta parte do exercício até que você esteja confortável com isso.


Em seguida, visualize a chama da vela estabilizar na posição vertical, sem cintilação, e espere que ela tome e manter esta forma. Sinta a sua alma no local da chama da vela, formando a forma da chama que você está visualizando, e espere que a chama tome esta forma. Este ato de “expectativa” é crítico. Você deve acreditar completamente e esperar que ela vai trabalhar no preciso momento em que você está tentando fazer isso funcionar. Mantenha a chama vertical e estável desta forma por um tempo.

Depois de ter conseguido estabilizar a chama, você deve visualizá-la inclinando para a esquerda. Molde a sua forma com a sua alma, e espere que isto funcione neste momento, assim como você fez antes. Não empurre a chama, mas module a forma e perceba, no fundo, com a expectativa, de que a chama da vela já está tomando a forma. Isto pode ser útil para alcançar dentro de si mesmo e mudar sua expectativa interior para que a forma nova que a chama irá ter  é a forma “natural” que a chama da vela possui, enquanto permanecer relaxado e confiante de que isso já aconteceu.


Depois de um tempo, torne a inclinação da chama à direita da mesma maneira. Primeiramente, incline a chama um pouco em cada sentido, então, conforme sua confiança vai aumentando, incline-a mais e mais para o lado que você escolheu. Quando você tentar inclinar a chama e ela ficar “piscando”, tente estabilizá-la em uma inclinação mais suave e controlada e quando ela estabilizar novamente, conclua a inclinação para o lado escolhido. Continuar praticando isso até que você seja capaz de inclinar a chama longe para cada lado escolhido e mantê-la estável nesse local.

Pode levar algum tempo para se controlar isso, porque pode ser difícil ir a níveis profundos de si mesmo, ganhar consciência de sua alma, dirigi-la, controlar suas expectativas internas ao que deseja e refleti-las sobre a realidade presente. Mas se você praticar com foco profundo e passos graduais, você vai dominar tal prática e isto vai abrir uma janela de conhecimento para o restante da Psiônica.

Texto do Veritas. Traduzido por Jeff Alves.

 Desejo a todos vocês um Feliz Natal (atrasado, né?), Boas Festas e um Próspero Ano Novo!


5 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo