Grande Loja Mista de Memphys Misraim

Atualizado: 20 de abr.

Caros, todos, Salute e Fratellanza!

A proposta abaixo, procede da “Grande Loja Mista de Memphys Misraim” sediada na cidade de Campo Largo, Estado do Paraná. Por de trás dessa razão social e jurídica, funciona uma maçonaria espúria em razão da sua forma de captação de adeptos que é realizada através de anúncios em jornais e venda de lições maçônicas pelo correio, que antes mesmo de iniciar o seu candidato, esse já recebe o boleto para o pagamento mensal de R$ 39,90 e consequentemente uma carteira de “Maçom”, sinais, toques e palavras. Dessa forma, o infeliz, acreditando que já é maçom, parte em busca de amizades em outras Lojas Maçônicas e lhe tem negado o acesso na forma do Landemark 14, por não ser o mesmo reconhecido como tal. Na direção de tal “entidade”, encontra-se o indivíduo Samuel Trindade e sua mulher Bianca. Ele, já foi preso por estelionato e deu golpe em diversas pessoas fazendo desaparecer mais de 30 automóveis que se encontravam sob seus cuidados e em consignação para venda. A prisão desse elemento, deu-se na cidade de Osasco, por volta Abril de 2005. Veja matéria em anexo. Da mesma forma, foi expulso da Grande Loja do Brasil – GLOB, por apropriação indébita do dinheiro da tesouraria da Loja Acácia Curitibana, nº 23. Inúmeras pessoas, estão sendo enganadas, posto que, maçonaria de verdade, é silenciosa, não faz alarde, não se anuncia em jornais e televisão. Seus usos e costumes, cingem-se na caridade e no conforto aos desvalidos da sorte, na busca por justiça e equidade social. A recepção de membros, se faz unicamente pela forma da recomendação, isto é, pela apresentação de um já membro da Ordem. Agora, como se não bastasse, e tendo criado um império “a lá Edir Macedo”, enganando os incautos, sedia no seu “Castelo”, uma nova forma de comercialização através de uma prática de ritual de “Alta Magia”, em que promete riquezas e estabilidade econômica para aqueles que aderirem a compra dessa prática charlatã, inclusive, com parcelamento do custo pelo cartão de créditos. Por São Theobaldo! Até onde, nós maçons vamos ficar calados e omissos quanto a uso do nome da maçonaria em vão, permitindo que esse casal continue a enganar aos menos avisados, que, na esperança de ficarem ricos, se prestarão ao pagamento de R$ 3.000,00 (Três Mil Reais), ao casal espertalhão. Se queres ficar rico, o segredo não é segredo: “SÓ SE PROSPERA ATRAVÉS DO TRABALHO!” Que o nosso BPr.’. Jesus Cristo, tenha pena desse perjuro. Triple Abbraccio.

Veja a matéria completa no blog do Diogo Almeida, Navalha de Poda.

#Fraudes

0 visualização0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo