top of page

Exercício de Respiração – parte III


Nas mesmas condições em que efetuamos os exercícios anteriores e os que seguirão, realizaremos agora uma prática nova: você já se familiarizou com uma respiração simples de duas fases (aspiração-expiração). Agora subdividiremos este ciclo em quatro. Desta forma, você se acostumou a produzir tanto a aspiração como a expiração num determinado lapso igual de tempo (4, 6 ou 8 pulsações, etc.). Trate de fazer este exercício que damos na continuidade, outorgando a cada uma das quatro fases o mesmo número de pulsações já eleitas.

Aspire em 1, retenha o ar em 2, expire-o completamente em 3 e fique com os pulmões totalmente vazios em 4, até que tenha necessariamente que voltar a aspirar em 1. Mantenha o ritmo durante 15 ou 20 minutos. O segredo deste exercício é expulsar todo o ar sem que nos fique nada nos pulmões. Esta respiração é a que sugerimos para os próximos exercícios, pelo que seria muito prático poder realizá-la.

Nota: É provável que tenha algumas dificuldades porque agora o exercício se pratica em quatro fases. Se for assim, pode-se diminuir o número de pulsações de cada fase para efetuá-lo.

Se quiser, você pode seguir praticando os exercícios preparatórios. Posteriormente daremos outros novos.

21 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo
bottom of page