top of page

Anatomia Oculta

Atualizado: 15 de mar. de 2022


Olá, jovens aprendizes Padawan. Eu trouxe este texto que originalmente deveria ser postado no Blog mês que vem. Mas já que estava me coçando para colocá-lo no ar (ou na web) trouxe ele pra cá. Devo logo avisar que o texto a seguir não tem embasamento na ciência ortodoxa, e sim na ciência oculta. Ou seja, aquele que quiser buscar realmente não deve ficar apenas nos textos desta ou de outras colunas ou do site inteiro. Pergunte, discorde, busque por si só. O verdadeiro cientista ocultista não aprende na teoria, e sim na prática. Não lemos em periódicos para termos “certeza”. Lemos para ter uma base e depois seguirmos a partir dela. Aproveitem o texto. 🙂


Luz, energia, matéria. Há muito tempo o Universo foi criado segundo a imagem do Criador. Sobre a idéia da Criação se formou tudo o que era a Idéia do Criador.

O homem, imagem microcósmica da Criação compartilha dos atributos de Deus, de uma maneira limitada. Porém desta forma limitada ele já erigiu grandes templos, construiu cidades suntuosas, monumentos faraônicos. Sobre a égide da raça humana o Universo observável tem se desvelado ante nossos singelos olhares admirados. Ainda assim, é pouco…


A capacidade humana é muito superior ao que observamos até agora. Para vermos o potencial que nos foi concedido com bilhões de anos de evolução temos que recorrer à sabedoria oculta. Para descobrir o que o corpo humano, tão perfeito, ainda precisa trabalhar, precisamos prestar mais atenção. E para isso que existe a anatomia oculta.

O homem naturalmente já se deu conta de que possui um corpo rígido de carne, pele, ossos e sangue. Que suas terminações nervosas são o que faz com que sinta as sensações. E que todo o aparato deste maravilhoso organismo. Porém sem seus componentes mais sutis este esplêndido maquinário não passa de um simples corpo inerte. Mineral. O corpo físico (ou denso) é como que a unidade de processamento onde os outros componentes serão instalados para o funcionamento da máquina humana. Ou seja, o computador é apenas um computador.


Da jornada do espírito até a matéria densa, adquirimos a capacidade de operar nos corpos mais sutis, em seguida nos mais densos, até que agora estamos cegos em relação aos anteriores.


Os quatro corpos que possuímos para iterarmo-nos do Cosmo são: o corpo denso, o corpo vital (ou energético), o corpo de desejos (ou astral) e a mente. Esta última ainda não passa de uma pequena nuvem branca que fica pairando ao redor da cabeça, como os clarividentes podem atestar. Quanto ao corpo denso, não falarei dele neste post, pois apesar de possuir muitos segredos, seria muito imprudente falar dele sem um conhecimento prévio do funcionamento dos outros. O que posso dizer é que ele, em algumas Tradições é confundido com o corpo vital. Pois se diz que ele tem uma matriz astral que o forma a sua imagem e semelhança. Mas esta matriz nada mais é que o corpo vital.


O corpo vital é constituído de quatro éteres. O éter químico, o éter de vida, o éter refletor e o éter de luz. Cada qual está em conformidade com a sabedoria oculta e os quatro elementos dos antigos. Começaremos com o Éter Químico.


O éter químico, que é o responsável pela assimilação e excreção de componentes químicos no corpo. Naturalmente ele funciona por dois polos, um positivo e outro negativo. O polo positivo é o responsável pelo crescimento e manutenção do corpo físico através da obtenção de elementos químicos e agregação dos mesmos no nosso corpo denso. O polo negativo do éter químico é responsável pela excreção das substâncias que não são nutrientes e se mantidas se tornariam um veneno para o nosso corpo. A urina e fezes são a forma que nosso corpo tem de evacuar estas substâncias sob a direção do éter químico em seu polo negativo. Por vezes, se há uma disfunção ou um desequilíbrio em seu funcionamento, estas substâncias são mal eliminadas ou mantidas no corpo denso. Muitas vezes este caso de desequilíbrio das funções do éter químico é o responsável por algumas doenças relacionadas ao mantenimento destas substâncias em nosso organismo.


Assim como o éter químico, o éter de vida é responsável por funções inerentes ao corpo físico. E também é dividido em dois polos funcionais. Positivo e negativo. Este éter é o responsável mela manutenção da forma individual. E também é responsável pela propagação da espécie, fazendo assim o trabalho de manter sempre veículos para a manifestação no Mundo Físico. O polo positivo deste éter é o responsável por trabalhar na gestação, capacitando a fêmea ao trabalho positivo da construção do corpo para um novo ser. Já o polo negativo deste éter, é o responsável pela produção dos gametas masculinos (pólen nas plantas e espermatozoides nos animais) nas mais variadas espécies. Durante a concepção dos seres nas esferas, vegetal, animal e hominal de manifestação, o polo positivo deste éter que torna um ser masculino da união nos gametas. O inverso, ou seja, o polo negativo é que gera fêmeas.

O éter de luz possui também dois polos de manifestação. Seu polo positivo é o que torna os animais superiores e o homem capazes de gerar calor do seu próprio sangue, fazendo com que cada um seja uma fonte individual de calor e energia. Nos animais de sangue frio, o polo positivo é responsável apenas pela função de fazer circular o sangue pelo seu corpo. Já o polo negativo é o responsável pelos sentidos passivos de percepção visão, audição, tato, paladar e olfato. Ele também é responsável pela geração dos olhos (ou de outros meios de percepção equivalentes em seres que não os possuam). Nas plantas, o polo positivo do éter de luz é o responsável pela circulação da seiva . Portanto, no inverno, ou quando a planta se encontra ausente da presença da luz solar, sua seiva para de fluir. Já o polo negativo é responsável pela clorofila nas plantas e pela regulação de melanina no reino animal. Este é também um dos motivos que a ausência de sol torna a tez das pessoas mais clara. A adaptação ao meio pelas espécies fez com que em lugares onde há menos sol os seres são mais claros e o contrário em lugares onde a luz solar predomina.


O éter refletor está relacionado diretamente com a ligação que o pensamento tem com nosso corpo físico e a memória. Para saber como funciona a mente eu recomendo este post. O éter refletor está ligado diretamente coma Região Etérica do Mundo Físico (em outro artigo falarei sobre ela). Lá é onde você pode ver imprecisamente o que houve no passado e o que acontece no presente em qualquer lugar. É imprecisa pois está manifestada demais no mundo físico, e sofre influência das emoções, tanto suas, quanto alheias. Pode-se dizer que é uma memória coletiva. Ainda assim não é a Memória da Natureza, que muitas Tradições chamam de Arquivos Akáshicos, já que estes se encontram na subdivisão mais elevada da Região do Pensamento Concreto (que também falarei num post futuro).


O corpo de desejos é um veículo do Mundo do Desejo. Também chamado de Plano astral. Este corpo é regido por duas forças. A Força de Repulsão e a de Atração. Logo mais falarei delas. O corpo de desejos é o responsável pelas nossas emoções. Impelido para o bem, faz com que tenhamos a vontade de crescermos e evoluirmos segundo nossa vontade, muitas vezes de modo egoísta, pois este corpo está totalmente ligado as emoções. Impelido para o mal, este corpo se entrega as paixões mais insalubres para satisfação e prazer. Geralmente estas paixões estão ligadas a estados de consciência alterados, e a maioria envolve o vício por sensações e experiências fora do normal. As forças antes citadas são responsáveis por colocar em ação (Atração) ou ignorar (Repulsão) algum pensamento que tenha vindo a ser lançado neste veículo. O corpo etérico, assim como o corpo físico, possuem órgãos já bem formados. Já o corpo de desejos não possui órgãos. Está mais para um emaranhado de centros de energia em matéria formada pelo seu plano correspondente. Ele tem a forma oval (nas pessoas mais equilibradas) e é feito de cores fantásticas. Quanto mais “sujos” são os desejos de uma pessoa, mais estas cores são opacas. O corpo astral de um santo ou de um grande adepto possui cores espetaculares e de um brilho arrasador. Existem casos da aura (exteriorização de energia do corpo etérico reflexa ao corpo de desejos) ser imensa nesses seres iluminados.


A Mente, ou corpo mental, é um foco onde o espírito projeta suas vontades para que suas ações sejam executadas. Ele se assemelha a uma pequena nuvem branca pairando ao redor da cabeça das pessoas. Apenas os seres humanos possuem mente. Animais vão até o corpo de desejos, plantas só possuem o corpo denso e vital e os minerais apenas o corpo denso. Para o funcionamento da mente ser melhor entendido, veja o post recomendado anteriormente.


Acima destes corpos em elevada vibração, existem mais três veículos que não podem ser chamados de corpos, tal sua sutileza. Seria muita informação falar deles por agora. Por hoje ficamos com isso.


Que as vossas Rosas floresçam na Tua Cruz.


Créditos da imagem: Magic Budha by Ezschneider (Divulgação)


Sérvio Túlio é estudante de Letras, membro do Projeto Mayhem e autor do blog Jedi Teraphim.

59 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo
bottom of page