A qualidade misteriosa

Atualizado: 16 de mai.




Retirado do Tao Te Ching (*)

Para que a alma inteligente e a alma animal se mantenham unidas é necessário que o amor as abrace.

Quando demos atenção total a nossa respiração e alcançamos sua elasticidade completa, nos tornamos novamente um recém-nascido.

Quando limpamos a mente das visões ilusórias de nossa imaginação, alcançamos a Tranquilidade.

“Que Tranquilidade?” Não há resposta intelectual para tal pergunta.

Deixe que a alma voe livremente entre os indivíduos e a sociedade, sem desejo de status. Enquanto os portões do Céu se abrem e tornam a fechar, planemos como as gaivotas.

Deixe que a inteligência penetre todas as regiões, livre da gaiola da intelectualidade.

Aquilo que cria e sustenta toda a vida jamais clama por sua posse. Seu abraço abarca a todos, mas não exige gratidão. Comanda tudo, mas jamais exerce autoridade alguma.

Esta é a “qualidade misteriosa” do Tao.

***

Todo mês traremos mais uma passagem do Tao Te Ching…


Tao Te Ching

(*) Nesta tradução exclusiva do Tao Te Ching a partir da tradução clássica de James Legge para o inglês, Rafael Arrais (autor do blog Textos para Reflexão) usa do auxílio precioso das interpretações do ocultista britânico Aleister Crowley e do filósofo brasileiro Murillo Nunes de Azevedo para compor uma visão moderna da antiga sabedoria de Lao Tse.

» Versão impressa

» eBook (Kindle)

» eBook (Kobo/Cultura)

» eBook (Saraiva)

#Tao

1 visualização0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo